Postado em 15 de Janeiro às 14h25

Habilidades interpessoais

Artigos (83)
P&P Consultoria - Desenvolvimento Humano e Organizacional Ser habilidoso nas relações é imprescindível no mundo de hoje. Se você entender a natureza humana, se souber por que as pessoas fazem o que fazem,...

Ser habilidoso nas relações é imprescindível no mundo de hoje. Se você entender a natureza humana, se souber por que as pessoas fazem o que fazem, você terá uma carreira de sucesso, uma vida familiar e social mais feliz.


Les Giblin destaca alguns pontos fundamentais no trato com as pessoas:
As pessoas estão interessadas primeiramente nelas mesmas: Todos, sem exceção, são movidos pelos interesses pessoais. Deixe o eu, meu, mim, minha de lado e use a mais forte palavra falada pela língua humana: você. É preciso ouvir, aplaudir, cumprimentar, chamar pelo nome, esperar antes de responder e prestar atenção a todos num grupo.

Seja tolerante: Ser tolerante é um passo importante. Aprenda a concordar com as pessoas, deixe-as saber disso, não as deixe saber que discorda delas, admita quando estiver errado e não discuta. As pessoas não gostam de ser contrariadas, porém gostam de quem concorda com elas.

Ouça as pessoas: Ser bom ouvinte é uma vantagem, pois quem “controla” a conversa é quem escuta. Olhe para a pessoa que está falando, incline-se e ouça com interesse, participe, mas não interrompa.

Influencie as pessoas: a melhor maneira para conseguir que a outra pessoa faça o que você quer é descobrir o que irá “mexer” com ela. Sabendo disso você poderá conduzi-la para onde você quiser. Você apenas mostra como ela pode chegar, aonde ela quer chegar, fazendo o que você quer que ela faça. Para descobrir o que ela quer pergunte, observe e ouça.

Convença e faça a cabeça das pessoas: O ser humano é cético por natureza e o que se deve fazer é eliminar este ceticismo usando alguns exemplos como referência. Não use exemplos seus como referência, use exemplos de outras pessoas. Dê as pessoas razões para dizerem “sim” a você, faça perguntas positivas, faça as pessoas escolherem entre dois “sim”, tenha a expectativa de receber um “sim” e faça esta pessoa saber que era esperada a resposta afirmativa.

Sorria: Assim que estabelecer o contato visual, antes de dizer qualquer coisa, dê a outra pessoa um sorriso sincero. É importante criar empatia e transformar o ambiente em uma atmosfera agradável e amiga.

Elogie as pessoas: Nem só de pão vive o homem. As pessoas precisam de alimento para o seu espírito tanto quanto para seu corpo. Receber um elogio é agradável e, por isso mesmo, uma arma a ser usada nos relacionamentos.

Agradeça as pessoas: Demonstre que é grato às pessoas. Diga obrigado, diga claramente e olhe para a outra pessoa, agradeça pelo nome e pratique agradecendo as pessoas.

Cause boa impressão: A primeira impressão é a que fica. Estar bem vestido, ter orgulho e respeito por si mesmo, ser sincero, ter entusiasmo, não sair ansioso, não se sobrepor as outras pessoas e não agredir nada nem ninguém.

Conduza a conversa: Saiba o que dizer, fale e cale-se, olhe para a sua assistência enquanto fala, fale sobre o que a sua assistência estiver interessada e não tente fazer um discurso, aja naturalmente.

Fonte: SBCoaching 

Veja também

Pesquisa mapeia quatro tipos de liderança durante crise18/02 Cético; confiante; autocentrado e o orientado a pessoas são os perfis destacados pela pandemia. A pandemia do novo coronavírus alterou a dinâmica de trabalho do alto escalão, acelerando a tomada de decisões e muitas vezes promovendo a descentralização de medidas estratégicas. É o que revela o levantamento “Realidade e......
O RH onde você trabalha faz campanhas sobre o Novembro Azul?05/12/19 Novembro é o mês da campanha de prevenção do câncer de próstata. O tumor é considerado um dos mais comuns em homens a partir de 50 anos de idade. Atualmente o câncer de próstata é......
As vantagens dos benefícios flexíveis na retenção de talentos15/10/20 A qualidade dos benefícios e a possibilidade de escolher os que fazem mais sentido serão fatores preponderantes na escolha dos candidatos. A crise atual impactou a gestão em diversas empresas, principalmente a relação......

Voltar para COMPARTILHANDO

USO DE COOKIES

Nós utilizamos cookies com objetivo de prover a melhor experiência no uso do nosso site. Por favor, leia nossa Política de Privacidade e nossos Termos & Condições para entender quais cookies nós usamos e quais informações coletamos em nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda que podemos armazenar cookies no seu dispositivo. Leia nossa Política de Privacidade.